FAC – Quanto Mais Suicidas, Menos Suicidas

Fundo de Apoio à Cultura (FAC)

Trata-se de um curta-metragem ficcional, ambientado no município de Santa Maria (cidade localizada na região central do Estado, de colonização italiana, alemã, espanhola e francesa, considerada um pólo educacional e religioso). O município é a cidade natal do protagonista, um sujeito mal-humorado que buscará incansavelmente por sua partida. Aspectos culturais e turísticos da cidade são pontos relevantes nesta trama que enfoca poder, fama e humor.
A ficção busca um tom cômico mais centrado nos diálogos, nas ironias cotidianas e nas necessidades humanas mais fúteis. A história tem como tema o suicídio, algo procurado com bastante ênfase por um autoproclamado gênio literário. Este homem deseja ser reconhecido como um grande escritor, porém não um escritor qualquer, mas sim aqueles que se tornam inesquecíveis post-mortem. Aliás, o além já é seu, por direito. Fausto Fontoura é o egocêntrico personagem em questão, está pronto e tentando o suicídio; para consegui-lo com êxito lhe falta um capítulo de sua travessia em vida: a carta de suicídio.

 

Administrador Copyright - Todos os direitos reservados Desenvolvido por A2