Musicando

O projeto realizará apresentações de música instrumental, com experimentações e releituras de um repertório de temas clássicos, nacionais, internacionais e de música instrumental autoral. Todas as apresentações serão gratuitas e para todas as faixas etárias.

O projeto traz um trio de sopros (Trompete, Saxofone Tenor e Trombone), sustentados rítmico e harmonicamente por Guitarra, Baixo e Bateria, para experimentações e releituras nos arranjos, em sua maioria, escritos pelo Maestro Astor Jair Dalferth, que se apropria de um repertório de temas clássicos, nacionais e internacionais.

Nos temas nacionais destacam-se a MPB, Bossa-Nova, Samba, Choro e Baião. Nos temas internacionais, Blues, Jazz, Tango e Latino-Americano. Entre os compositores, estão nomes famosos, como os brasileiros Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Roberto Menescal e Ronaldo Boscoli, além dos internacionais Duke Ellington, John Dizzi Gillespie, Thelonious Monk, George Gershwin, Astor Piazzola, entre outros.

 

astor jair dalferth (maestro)

É formado em Música pela Universidade Estadual em Música (UERGS). Iniciou seus estudos na área musical ainda cedo, aos 9 anos, dedilhando o violão. Após, passou a estudar o trombone de vara e o piano. Estudou por muitos anos com o Maestro Pernambuco, na cidade de Estrela, e também com o Maestro Paulo Dorfmann, em Porto Alegre. Como principais atividades relacionadas à vida musical, é maestro da Orquestra de Teutônia desde 1989 e trabalha na mesma função na Orquestra de Imigrante.  Foi Sargento Músico da Base Aérea de Canoas no final da década de 80. É arranjador e compositor e regeu vários coros do Vale do Taquari.

 

jilvan ferreira

É graduando em Música pela Universidade Estadual em Música (UERGS). Iniciou seus estudos musicais no Centro Cultural 25 de Julho de Teutônia. Assim sendo, estudou com o Professor Leandro Freisleben, e, após alguns anos de estudo, integrou do Grupo Instrumental do Centro Cultural, laboratório da Orquestra principal. Ao trompete, também estudou com os professores Jezer Silva, Flavio Gabriel e Anjinho do trompete. Aos 15, iniciou os estudos ao Saxofone com o Professor Bernardo Hunecke, também do Centro Cultural. Primeiramente o Saxofone Alto e após o Tenor. Estudou também com o professor Amauri Lablonovski de Porto Alegre. Atualmente é trompetista da Orquestra de Teutônia.

 

lucas gonçalves brolese

Nascido em Caxias do Sul, em 22 de novembro de 1980, estudou música de forma autodidata a partir de 1993, desde 1998, trabalha como professor e músico profissional. Passou por diversos grupos e projetos desde então, apresentando-se em alguns estados do Brasil e países europeus como Alemanha, Inglaterra, Áustria e Itália.
Multi-instrumentista, tem formação técnica em Canto e Regência e é formando do curso de Licenciatura em Música pela UERGS.

 

marcos grün

Começou a tocar bateria aos 12 anos de idade. Inicialmente estudou com Daniel Lima, integrante da OSPA, após com o renomado baterista Ricardo Arenhalt, buscando influências também com outros professores. Em seu trabalho, sempre pesquisou várias culturas rítmicas. Além de professor de bateria, com apresentação de recitais em escolas de música, atua como baterista da Orquestra de Teutônia.

 

 rodrigo görgen

Nascido em Teutônia, ingressou na música aos 9 anos. Aos 11, estudou teoria musical e Bombardino (instrumento de sopro), pelo Centro Cultural 25 de Julho de Teutônia. Aos 12, iniciou seus estudos no Contrabaixo, instrumento que toca atualmente. Estudou com os professores Carlo Dick, Astor Jair Dalferth, Valdi Dalla Rosa e Sólon Chaves. Atualmente é baixista da Orquestra de Teutônia.

 

william bayer

É formado em Música pela Universidade Estadual em Música (UERGS). Aos 6 anos começou a fazer aula de teclado com o professor Carlo Dick, que logo depois deu a oportunidade de tocar no Grupo Instrumental 25 de Julho, com 10 anos de idade. Com 11 anos começou a estudar trompete, fazendo aula com o professor Leandro Freisleben. Multi-instrumentista e coordena diversos projetos culturais na região dos Vales e Serra Gaúcha, além de ser músico titular da Orquestra de Teutônia.

 

O objetivo é realizar 2 oficinas e 7 apresentações. “Musicando” buscará afirmar a importância da música para a sociedade. Sendo assim, impulsionará novas visões e o fortalecimento de iniciativas, baseadas no acesso a todas as expressões da música instrumental.

O projeto garantirá ao público, amplo contato com a musicalidade e contribuirá para facilitar, a todos, os meios para o livre acesso às fontes da cultura e o pleno exercício dos direitos culturais.

Seja um patrocinador!

Musicando

 PRONAC: 181089

CNPJ: 08.430.920/0001-51
Banco do Brasil (001)
Agência: 1484-2
Conta: 40297-4

Código Identificador 1: CNPJ da empresa patrocinadora (Pessoa Jurídica) ou CPF do doador  (Pessoa Física)
Código Identificador 2: Nº 01 patrocínio ou nº 02 doação

2019

2020

Administrador Copyright - Todos os direitos reservados Desenvolvido por A2